Notícias

04 de November de 2015

Violência no ambiente escolar é tema de debate no seminário regional das escolas estaduais

A palestra do professor Helder Risler de Oliveira, convidado pelos organizadores do I Seminário Regional de Educação das Escolas Estaduais de Porto Velho: compartilhando saberes e Experiências, começou com a apresentação de um vídeo amador, no qual uma professora é desrespeitada, humilhada e agredida por um aluno dentro da sala de aula, um adolescente que não gostou da nota atribuída ao seu trabalho.

Professor Helder Risler

Risler iniciou palestra com vídeo de desacato a uma professora

As cenas mexeram com o público presente, formado por diretores, orientadores, supervisores, profissionais das salas de recursos multifuncionais, professores, entre outros, provocando a expectativa pelo assunto que viria a seguir abordando a violência escolar. Didático, o professor, que defendeu sua dissertação de mestrado com  o tema da Mediação de Conflitos Escolares, procurou explicar a origem da violência e destacou que na maioria das vezes só se considera como violência as ações mais graves, salientado que a violência se apresenta de forma velada e que ela passa por uma série de estágios até chegar ao ápice, quando pode culminar em um homicídio, por exemplo.

Para ele é necessário criatividade para resolver os conflitos e não é qualquer pessoa que tem esta habilidade, por isso considera  importante o treinamento de  profissionais para funcionarem como mediadores.  Segundo ele, uma solução  inadequada, ao invés de por fim ao conflito, pode perpetuá-lo.

O vice-governador Daniel Pereira também participou do seminário e falou sobre suas experiências como professor, que tiveram início quando ainda tinha 17 anos e havia concluído a 5ª série e começou a alfabetizar no interior, onde morava. Daniel sugeriu aos gestores que elaborem projetos nas escolas para levar profissionais de sucesso que estudaram na escola pública e que hoje se destacam na indústria, no comércio e nas áreas de prestação de serviços para contarem suas experiências nas salas de aula e motivar alunos que se sentem incapazes de conquistar um futuro promissor.

Ele abordou a baixa estima que se percebe em muitos estudantes, que é comum, mas que precisa ser mudada, salientando que enxergando a escola de outra forma haveria menos depredação e violência no cotidiano escolar.

MERITOCRACIA

Daniel Pereira se dispôs também a encaminhar ao governador Confúcio Moura  uma proposta para melhorar  a questão da meritocracia na vida funcional do servidor da educação, onde o mérito seja concedido de fato ao servidor que faça jus.

Daniel Pereira vai apresentar proposta sobre meritocracia

Daniel Pereira vai apresentar proposta sobre meritocracia

“Um professor em sala de aula não pode ser igualado a outro, mesmo com a mesma formação, que está ausente da sala”, destacou.

Alunos da Escola Carlos Drummond de Andrade fizeram apresentação de danças durante o seminário. Projetos desenvolvidos nas escolas também foram expostos aos participantes. O seminário será encerrado nesta quinta-feira (4) com a realização de minicursos para todos os participantes, em torno de 300, das escolas estaduais de Porto Velho, Candeias do Jamari e Itapuã do Oeste.

O evento é uma parceria do governo de Rondônia com o Instituto Federal de Educação de Rondônia (Ifro) e a Universidade Federal de Rondônia (Unir). As atividades do encerramento acontecem no prédio do Ifro, na avenida Jorge Teixeira.

Categorias

Brasil, Capacitação, Educação, Governo, Rondônia

Tags

Seminário Regional Violência nas Escolas

Notice: Trying to access array offset on value of type bool in /var/www/vhosts/iperon.ro.gov.br/httpdocs/wp-content/themes/portal-iperon/single.php on line 87

Notice: Trying to access array offset on value of type bool in /var/www/vhosts/iperon.ro.gov.br/httpdocs/wp-content/themes/portal-iperon/single.php on line 90