Notícias

24 de April de 2014

Usuários elogiam atendimento na Policlínica Oswaldo Cruz

Ao governador Confúcio Moura, em visita à policlínica, usuários destacaram atenção e novo padrão de atendimento 

Nesta quarta-feira à tarde  (23),  o governador Confúcio Moura  visitou a Policlínica Oswaldo Cruz, em companhia do secretário Willames  Pimentel. Confúcio conversou com alguns usuários que aguardavam atendimento e constatou que a população está satisfeita com o trabalho realizado pela unidade médica.

São 36 dias de funcionamento somando quase 20 mil atendimentos entre consultas com especialistas, exames laboratoriais e de imagem e encaminhamentos para procedimentos cirúrgicos, entre outros.

Antonio Barbosa

Antonio Barbosa e o governador Confúcio Moura

O governador chegou à Policlínica por volta das 15h30m. Foi recepcionado por servidores e pacientes. Por onde passou recebeu muitos abraços e agradecimentos. O aposentado Antônio Barbosa, 84 anos, realiza um trabalho voluntário há anos. “Sou mais conhecido aqui, do que Bom Dia”, definiu. Ele recebe pessoas, em geral do interior, e as encaminha para o atendimento. Disse que conheceu a  POC  em várias fases, mas sem dúvida, a atual está sendo a melhor. “Familiares meus já foram assistidos aqui, mas agora está muito melhor”,  destacou.

Confúcio Moura comentou com a equipe que o acompanhava que é de suma importância que a Policlínica  mantenha o padrão de atendimento inicial, proporcionando aos usuários  uma atenção quase que individualizada.   “É importante que o paciente  continue chegando aqui previamente agendado e solucione  todas as questões previstas para o dia, podendo retornar para sua casa certo de que o Estado tem contribuído  para o seu  bem estar”, ressaltou  o governador.

2 - servidoresPara os servidores, Confúcio Moura também dedicou palavras de ânimo, lembrando  que os usuários e pacientes da policlínica são  a própria razão da instituição e que estes são dignos de toda a atenção dos funcionários.  O governador ficou satisfeito com os comentários dos usuários, que a todo tempo lhe diziam que o modelo implantado na POC é o que se esperava desde há muito tempo. “É muito importante chegar aqui no dia da consulta ou do exame e ter a certeza de que vou retornar para casa no mesmo dia depois do atendimento”,  salientou Franciele Vibes, de Jaru.

Elza Farias Coelho

Governador cumprimenta Elza Farias Coelho

Elza Farias Coelho trouxe o filho Walteir Coelho, de 32 anos, de Ariquemes, para um procedimento cirúrgico e salientou que não esperava deixar a POC  praticamente com a cirurgia agendada. “Aqui, as pessoas estão de parabéns, não tive nenhum problema, foi tudo muito bom”, disse depois de ser cumprimentada pelo governador.

Viviane e sua mãe Constância

Viviane e sua mãe Constância

A jovem Viviane  Cunha Sobrinho, de 15 anos, mora em Rolim de Moura e  esteve por mais de 30  dias hospitalizada no Hospital de Base. Passou por uma cirurgia delicada, como destacou a mãe, Constância  Sobrinho, e está continuando o tratamento na POC. “Não tenho do que reclamar, desde o começo  minha filha tem tido toda a atenção, especialmente  de  doutor Bruno e sua equipe”.  Já Viviane disse que está muito feliz e   acredita que até o término do tratamento não terá nenhuma decepção com o atendimento. “As pessoas têm sido muito atenciosas”.

Franciele Vibes

Franciele Vibes

O sistema de regulação que foi implantado na POC desde a sua inauguração  em março, possibilitou que Franciele Vibes viesse de Jaru para atendimento no neurologista e retornasse para sua cidade no mesmo dia. A jovem salientou que já deixou a cidade com todos os encaminhamentos e na POC não teve nenhum contratempo. “Cheguei às sete da manhã e já estou retornando”, isso antes das 17 horas.

Márcia e Jali

Márcia e  Geli

A regulação envolve o atendimento desde a unidade básica dos municípios e  nem todos assimilaram  o sistema completamente, o que ainda tem causado alguns transtornos, como o relatado por Márcia, de Porto Velho. Segundo ela, o posto fez o encaminhamento para o cirurgião geral, quando na verdade a mãe, senhora Geli,  precisava ser encaminhada para o cirurgião vascular, especialidade que ainda não está disponível na POC.  Mas para reparar as deficiências existentes, já está na programação da policlínica treinamentos de capacitação envolvendo os servidores da ponta dos postos municipais. “A nossa parceria com os postos das redes municipais agora é constante e onde forem detectadas falhas, vamos corrigir trazendo o pessoal para treinamento aqui na POC”, explicou Caris Sales, servidora responsável pela regulação estadual para Porto Velho.  Segundo ela, a leitura dos encaminhamentos é essencial e as dificuldades aparecem especialmente quando se trata de  atendimentos de média e alta complexidade, com os quais os operadores dos postos de saúde não estão familiarizados.

2 - visita 2Os diretores da POC Kenner Granado e Carlos Augusto e a gerente de regulação Marcela Aquino  acompanharam o governador Confúcio Moura  durante a visitação ao centro de saúde. “Para nós é gratificante  saber que o resultado do nosso trabalho é ver o paciente bem atendido”, ressaltou  Marcela.

 

 

 

 

Categorias

Assistência Social, Inclusão Social, Rondônia, Saúde, Sociedade

Tags

Policlínica Oswaldo Cruz saúde

Notice: Trying to access array offset on value of type bool in /var/www/vhosts/iperon.ro.gov.br/httpdocs/wp-content/themes/portal-iperon/single.php on line 87

Notice: Trying to access array offset on value of type bool in /var/www/vhosts/iperon.ro.gov.br/httpdocs/wp-content/themes/portal-iperon/single.php on line 90